1ª Sessão de 2018 é marcada por aprovação de Moção de Repúdio à demolição de monumentos.

-Ascom CMSCC

Com inicio por volta das 10:30, e término após as 13:00 horas, a 1ª Sessão Ordinária do 2º ano do Biênio 2017/2018 mostrou que o ano de 2018 será, ao que tudo indica, um ano de várias proposições e debates na Câmara de Cabrália.

Após o início da Sessão, alternaram-se na tribuna os Vereadores Agrailson Carvalho (PSC), Humbertinho (PSD), Cláudio Xêpa (PV), Josué Sampaio (PSD) e Romali Pairana (PSD), entre eles, as declarações convergiram para a abordagem de problemas do município, e pela declaração de independência com relação ao Poder Executivo.

No Pequeno Expediente (Período de votação das proposições parlamentares), os Vereadores aprovaram 49 pautas, sendo 48 indicações e uma Moção.




Moção de Repúdio:

Entre as proposições aprovadas, esteve a declaração, por parte dos Vereadores, do repúdio à demolição dos monumentos históricos construídos às margens da BR-367, na divisa com o município de Porto Seguro, em celebração aos 500 anos da 1ª Missa no Brasil, celebrada na Região de Coroa Vermelha.

Confira a íntegra da moção aprovada no texto abaixo:

 

MOÇÃO DE REPÚDIO Nº. 001/2018

 

 

Os Vereadores da Câmara Municipal de Santa Cruz Cabrália, subscritores da presente, no uso de suas atribuições legais, depois de ouvindo o Plenário, declaram a presente MOÇÃO DE REPÚDIO, À DEMOLIÇÃO DOS MONUMENTOS HISTÓRICOS NA DIVISA DO MUNICÍPIO.

 

JUSTIFICATIVA:

 

Os Vereadores da Câmara Municipal de Santa Cruz Cabrália, vêm, perante a sociedade cabraliense, externar o seu repúdio com relação à decisão tomada pela Justiça no último dia 21 de Fevereiro que determinou a demolição dos monumentos históricos, representativos da 1ª Missa, na divisa com o município de Porto Seguro.

Tais monumentos representam uma parte importante de nossa história, e são responsáveis por inúmeros benefícios à população, ao comércio local e ao turismo da região, e atraem diariamente centenas e milhares de turistas.

A Câmara Municipal está comprometida com a preservação ambiental, com o cumprimento integral das leis vigentes, e toda e qualquer determinação judicial, mas acredita que a manutenção das estátuas no local em que estão, poderá em sua permanência proporcionar benefícios inúmeros às populações locais, contribuindo ainda de forma direta para a sustentabilidade do município e na construção do turismo regional.

Agradecemos, certos da construção e uma cidade mais justa e sustentável, e em nome de toda a população cabraliense.

 

Subscrevem os Vereadores:

Agrailson Carvalho de Souza

Alcides Leal de Abreu Filho

Cláudio Alexandre Faria Mendes

Flávio Almeida de Macedo

Gean Souza Cruz

Humberto Cachoeira Filho

Indiara Ferreira Passos

Josué Santos Sampaio

Romali Rodrigues da Silva Pairana



Comentários


Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!
Você precisa estar logado para comentar!